Busca no site:

Escolas de Minas se preparam para Programa de Avaliação da rede Pública de Educação Básica na próxima semana

Expectativa é que mais de 700 mil alunos mineiro participem da próxima edição do Proeb que acontecerá entre os dias 26 a 31 de novembro.

Escolas da rede estadual de Minas Gerais já se preparam, há algum tempo, para a próxima edição do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb), que irá acontecer entre os dias 26 a 31 de novembro.

Em várias regiões do Estado as Superintendências Regionais de Ensino (SRE´s) de Minas Gerais desenvolveram ações voltadas para toda a comunidade escolar, envolvendo pais, alunos e professores. Na superintendência Regional de Ensino da Metropolitana B, que atende 214 escolas e mais de 200 mil alunos, vídeos motivacionais, como a fábula “Os Três leões”, reuniões com diretores, textos que dialogam com os alunos sobre o Proeb e até um bingo baseado em palavras chaves do programa foram algumas das atividades desenvolvidas.

A gerente do Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP) dos anos finais do ensino fundamental na SRE Metropolitana B, Marlene Temponi, contou que uma das últimas ações desenvolvidas aconteceu no final de outubro, no dia 29, quando uma reunião com diretores foi realizada e um varal literário, feito das melhores produções textuais de alunos sobre a avaliação, promovido em cada uma das escolas participantes.

“Isso é legal, porque nossos estudantes estão entendendo pela primeira vez com propriedade do que se trata o Proeb. A razão, os objetivos e a importância da prova. Quais as consequências de um bom resultado ou de um resultado aquém para escola. Os diretores foram também mobilizados e convidados para traçar um plano para a escola. Estabelecemos que todos deveriam ter um. Os analistas educacionais também fizeram coletivas com os alunos do 9º ao do Ensino Médio e realizamos o I Fórum de Especialistas para desenvolver um plano de trabalho com base nesta avaliação externa, porque os resultados refletem o produto do trabalho que nós (profissionais) desenvolvemos”, explicou Marlene.

O bingo foi feito a partir de palavras-chaves relacionadas ao Proeb, escolhidas pelos alunos como, ‘educação, desempenho, Simave, Currículo Básico Comum, PIP, políticas públicas, competências, cidadania, resultados, alunos, diagnóstico, qualidade, professor, provas, necessidades, avaliação, proeb, ensino’. O prêmio pedagógico foram materiais simbólicos que a escola tinham de pronta mão, como canetas e calculadoras para os alunos.

A vice-diretora da Escola Estadual Hugo Werneck Vanilda Fendler contou que na sua comunidade já se tornou um procedimento de praxe introduzir os pais, na primeira reunião escolar letiva, sobre as razões da avaliação do Proeb. “Quando os pais vem conhecer o regimento escolar, aproveitamos para explicar o intuito da avaliação e os resultados passados do Simave (Sistema Mineiro de Avaliação da Educação Pública), – a proficiência dos nossos alunos. Isso gera tranquilidade e mobiliza os pais frente aos filhos. Frisamos, por exemplo, a importância de garantir a freqüência escolar para o processo de aprendizado. Mostramos como as questões estão interligadas. Todos os alunos já tem consciência das avaliações internas e externas que irão se submeter, como o Proeb”, contou Vanilda.

Ainda segundo a vice-diretora, uma gincana cultural que reforça o objetivo e a importância da avaliação, incentivando a participação, faz parte também do esforço da Hugo Werneck para incentivar seus estudantes. “Sensibilizamos os alunos para a importância de lerem a prova com atenção e compromisso, e entregamos um bilhete individual agradecendo a participação. Uma merenda especial é também entregue no dia”.

Os professores, que estão na ponta do processo, foram também priorizados no trabalho de sensibilização para as competências a serem desenvolvidas com base nas diretrizes do Currículo Base Comum testadas pelo Proeb.

Fonte: Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais


Criado em: 22 nov 2012 | Tags: , ,
Categoria: Notícias |

Superintendências Regionais de Ensino orientam escolas públicas para aplicação do Proeb 2012

Provas serão aplicadas no período de 26 a 30 de novembro.

Mais de 1,1 milhão de alunos do 5º e 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio participarão do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb), na última semana de novembro (26 a 30/11). Para que a aplicação dos exames transcorra sem problemas, as Superintendências Regionais de Ensino (SREs) realizam capacitações com as escolas da rede estadual. No Proeb, os alunos são avaliados nos conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática.

Como as escolas municipais também participam das avaliações do Proeb, as capacitações regionais também se estendem ao público de educadores dessas redes. Patos de Minas, Janaúba e São Sebastião do Paraíso estão entre as Superintendências que repassam as orientações para as provas esta semana.

Capacitações pelo Estado

Na Superintendência de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, as provas serão aplicadas nos dias 28 e 29/11 para os conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática, respectivamente. Além de diretores de escolas e especialistas da educação das 64 escolas estaduais da jurisdição, o encontro também conta com a participação dos diretores das 77 escolas municipais, dos 14 municípios que fazem parte da Superintendência.

Para o atendimento desse público, o encontro foi organizado em quatro pólos. Nesta segunda-feira (12/11), a capacitação ocorre no município de Presidente Olegário. “Estamos orientando sobre os procedimentos a serem tomados antes, durante e após a aplicação das provas. É importante que os diretores façam reuniões com os professores que irão aplicar o exame”, explica uma das responsáveis pelo Sistema Mineiro de Avaliação da Educação Pública, em Patos de Minas, Vânia Váz. Na última sexta, as orientações foram repassadas aos educadores das escolas da sede. Carmo do Paranaíba e São Gotardo são os próximos pólos a receberem a capacitação.

No Norte do Estado, a Superintendência de Janaúba também vai capacitar diretores e especialistas educacionais. Apenas da rede estadual são 94 escolas, mas os gestores das redes municipais também serão capacitados para as avaliações que serão aplicadas nos dias 27 e 28/11 para os conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática, respectivamente.

Na regional, as capacitações serão realizadas nos dias 13 e 14/11. “Neste encontro também queremos ressaltar com educadores a importância dessa avaliação, além de mobilizar toda a comunidade escolar a participar do Proeb. Estamos em um período de chuvas e em nossa regional vários alunos residem em zona rural, por isso a importância dessa mobilização”, lembra a gerente do Programa de Intervenção Pedagógica para os anos iniciais do ensino fundamental, Elisângela Gomes Medeiros.

No Sul de Minas, a Superintendência Regional de Ensino de São Sebastião do Paraíso, organizou a capacitação em pólos. Entre os dias, 12 e 14/11, o município sede e os municípios de Cássia e Guaxupé, receberão os diretores e especialistas de escolas estaduais e municipais dos 16 municípios que integram a regional. O momento de repassar algumas orientações ainda conta com a participação dos professores aplicadores e membros da comissão de acompanhamento.

“Também vamos chamar os professores aplicadores que aplicação dos exames serão responsáveis pela realização de vários procedimentos, como o controle da presença dos alunos a partir da lista de chamada. Outras orientações como o rodízio a ser feito pelos professores para a aplicação das provas serão repassadas”, informa a diretora educacional da Superintendência, Maria Olímpia Vilela de Brito. Na regional, o maio número de participantes por escola visa auxiliar os diretores no momento de repassarem as orientações paras os demais professores das escolas nas quais são gestores.

Acompanhamento das escolas

As equipes central e regionais do Programa de Intervenção pedagógica (PIP) farão o acompanhamento da aplicação das provas nas 3.762 escolas estaduais.

Fonte: Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais


Criado em: 12 nov 2012 | Tags: , ,
Categoria: Notícias |

Segunda etapa do Dia D em Minas Gerais leva pais de alunos para as salas de aula

Encontro permitiu que a família participasse da formulação do Plano de Intervenção Pedagógica.

dia-d-familia-1

Na EE Afonso Pena, em Belo Horizonte, o encontro serviu para aproximar família e escola com foco nos alunos. Foto: Isadora Doehler ACS SEE


Pai de um aluno do 9°ano do ensino fundamental da Escola Estadual Afonso Pena, Rogério Ferreira de Freitas foi um dos primeiros a chegar na escola no último sábado (07/07). O motivo de sua visita à instituição de ensino, neste que foi considerado um dia letivo, foi a segunda etapa do Dia D, denominada “Toda comunidade participando”, momento em que a comunidade escolar se reuniu para mostrar às famílias o desempenho da escola, avaliado pelo Proalfa (Programa de Avaliação da Alfabetização) e Proeb (Programa de Avaliação da Educação Básica), e permitiu que os responsáveis pelos alunos participassem da elaboração do Plano de Intervenção Pedagógica(PIP) com sugestões de melhorias.

Preocupado em sempre acompanhar de perto as atividades escolares, Rogério acredita que “o processo de educação tem que acontecer em conjunto, unindo escola e família. A participação dos pais é uma forma de melhorar a qualidade da educação e as questões relacionadas à disciplina dos alunos”. Querendo ver a ascensão dos índices de avaliação, sugeriu que “fosse firmada uma parceria com as universidades para trazer estagiários para as escolas estaduais, que possam dar aulas de reforço para os alunos que têm dificuldades em português ou matemática. E, se a escola aumentar a comunicação com as famílias poderá, dessa maneira, favorecer o voluntariado para este mesmo fim”, disse.

Taciana Lacerda Araújo, mãe de aluno do 2°ano do ensino fundamental, ficou satisfeita com a reunião: “Acho a escola muito boa, vejo que dão muita atenção aos alunos”, afirmou. Para ela, a escola “poderia aumentar o número de reuniões como essa, para aproximar ainda mais as famílias”, sugeriu.

A diretora da escola, Ana Cristina de Oliveira Assis, conduziu a reunião ao lado do vice-diretor, Orlando Almeida, e de vários professores. “O encontro foi a culminância do Dia D, quando somamos as críticas e sugestões dos pais ao que já foi discutido e sugerido pela comunidade escolar na quarta-feira. Dar aos pais a responsabilidade de contribuir e se envolver é importante para a escola e para o aluno”, disse ela.

Após o término da reunião, o clima não poderia ser melhor: com quadrilha, brincadeiras e comidas típicas, pais, alunos, professores e demais funcionários da escola deram início à tão esperada festa junina, que é também uma outra forma de unir a família à comunidade escolar.

Histórico

Na quarta-feira, último dia04, aconteceu a primeira etapa do Dia D, chamada “Toda escola deve fazer a diferença”. Nesse dia, as aulas foram suspensas nas 3.762 escolas estaduais para que professores, diretores e especialistas pudessem planejar as metas de melhoria na aprendizagem, tomando como base os resultados das avaliações aplicadas em Minas Gerais.

Fonte: Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais


Criado em: 10 jul 2012 | Tags: ,
Categoria: Notícias |

Governo de Minas divulga resultados do programa de avaliação de desempenho dos alunos da rede estadual

Série histórica demonstra tendência de elevação da proficiência média dos estudantes do 5º e do 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio

Os resultados da última edição (2011) do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb) revelaram uma pequena redução nos índices de proficiência média em Língua Portuguesa e Matemática para os níveis avaliados. Apesar da retração, os dados da série histórica – a metodologia de avaliação do Proeb foi consolidada em Minas Gerais a partir de 2006 – demonstram tendência de elevação da proficiência dos alunos do 5º e do 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio em Língua Portuguesa e Matemática.

Comparados com os resultados do Proeb 2010, houve redução dos índices de proficiência média em Língua Portuguesa e em Matemática da rede estadual para os três níveis avaliados (5º e 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio). O comportamento verificado na rede estadual também foi percebido nas redes municipais do Estado de Minas Gerais. Exceção para o desempenho em Matemática dos estudantes 5º ano das redes municipais. Neste caso, a proficiência média cresceu. As avaliações do Proeb foram aplicadas de 21 a 25 de novembro de 2011.

De acordo com a secretária adjunta de Educação, Maria Céres Pimenta Spínola Castro, não é possível apontar uma única causa para esse resultado. Segundo ela, “a realidade é complexa e seguramente um conjunto de fatores pode ter influenciado os resultados”. No entanto, a secretária adjunta de Educação destaca que o resultado alcançado em 2011 não altera a tendência de crescimento verificada nos últimos anos.

Se houve uma retração dos índices da proficiência média, também foram registrados avanços importantes em regiões e escolas em todo o estado. “Temos escolas, por exemplo, em que os níveis recomendados de proficiência, em Português e Matemática, no 5º ano do ensino fundamental foram alcançados por todos os alunos, como nos municípios de Centralina, Igarapé e São Sebastião do Paraíso”, destaca a secretária adjunta de Educação. “Há avanços importantes registrados também no 9º ano do ensino fundamental e no 3º ano do ensino médio”, completa Maria Céres.

Em setenta (70) escolas, a elevação dos índices no 5º ano do ensino fundamental foi superior a 25 pontos; em vinte e cinco (25) do 9º ano do ensino fundamental a elevação foi igual ou superior aos 25 pontos; e em dezenove (19) escolas do ensino médio a elevação atingiu patamares similares na comparação dos resultados de 2011 e 2010. Os 25 pontos significam um grande avanço, pois representam 5% da escala do teste, o que em outras palavras, vai de 0 a 500 pontos.

Leia a matéria na íntegra no site da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais