Busca no site:

Secretaria de Estado da Educação de Goiás realiza mais uma edição da Avaliação Diagnóstica

Novidade é a inserção de exames de Ciências.

Os estudantes da rede pública estadual matriculados em turmas de 5º a 9º ano do Ensino Fundamental e de 2ª (4º período) e 3ª séries (6º período) do Ensino Médio farão, nesta terça-feira (09/10), as provas da segunda Avaliação Diagnóstica deste ano. Além de serem avaliados em Língua Portuguesa e Matemática, esses alunos, com exceção dos de 4º e de 8º ano, vão fazer pela primeira vez Avaliação Diagnóstica na disciplina de Ciências. Escolas municipais de 153 redes parceiras da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) também aplicarão os exames, a partir das matrizes das provas que serão disponibilizadas aos municípios.

Nas escolas da rede pública estadual, aproximadamente 293 mil estudantes serão avaliados, sendo 142 mil do Ensino Fundamental e 151 mil do Ensino Médio. Eles farão as provas no horário de aula, sem prejuízo das atividades pedagógicas, seguindo os mesmos descritores e conceitos utilizados na primeira etapa da Avaliação Diagnóstica do ano, realizada nos meses de fevereiro e abril. A avaliação do primeiro semestre, de acordo com o chefe do Núcleo de Orientação Pedagógica, Raph Gomes, serviu para mostrar os desafios e nortear o trabalho de reorientação pedagógica nas escolas.

“Mudamos estratégias e demos o suporte e a formação necessária aos professores e às escolas. Agora vamos verificar se o que foi ensinado – e a forma como foi ensinado – resultou no melhor aprendizado dos alunos”, afirmou. Essa edição da Avaliação Diagnóstica ainda permitirá compreender como está o ensino e o aprendizado de Ciências nas unidades educacionais goianas, possibilitando estabelecer as metas e definir intervenções também para essa área do conhecimento.

O programa de Avaliação Diagnóstica da Seduc tem a parceria do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que participa da preparação e também da correção das provas, e é uma das ações do Pacto Pela Educação, o plano de reforma educacional em execução na rede pública estadual.

Instituído no ano passado, o programa começou avaliando os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, expandindo agora para a área de Ciências. Para a aplicação de mais esta Avaliação Diagnóstica, a Secretaria de Educação tem repassado às subsecretarias regionais o material necessário e orientado os tutores pedagógicos que têm atuação fundamental no processo de mobilização das escolas.

Mais informações nos telefones 3201-3178 e 3201-4151.

Fonte: Secretaria de Estado de Educação de Goiás


Criado em: 09 out 2012 | Tags:
Categoria: Avaliação Diagnóstica, Notícias |

Alunos aprovam novidades no Saerjinho

Avaliação agora tem provas de Ciências, Química, Física e Biologia, além das de Português e Matemática.

Nesta semana, alunos da rede estadual de ensino realizam o Saerjinho, avaliação diagnóstica da Secretaria de Estado Educação do Rio de Janeiro realizada bimestralmente. A novidade deste ano é a inclusão de novas disciplinas nas avaliações. Além de Língua Portuguesa e Matemática, desta vez os alunos são avaliados em Ciências, para o 5º e o 9º anos do Ensino Fundamental, e Química, Física e Biologia, para o Ensino Médio, Ensino Médio Integrado e Curso Normal.

A novidade foi aprovada pelos alunos, principalmente por aqueles que precisam estudar ainda mais essas matérias. É o caso de Guilherme Mendes, aluno da 3ª série do Ensino Médio do C.E. Pedro Álvares Cabral, em Copacabana, que pretende fazer vestibular para Biologia.

- Quero fazer faculdade de Biologia e é muito importante treinar as disciplinas específicas. Com essas avaliações ficamos bem encaminhados para fazer as provas de vestibular, assim como o Enem.

A aluna Kévia Cristina, também da 3ª série, pretende seguir a área de Humanas, mas sabe da importância em ser avaliada em todas as disciplinas.

- O exame é ótimo para relembrarmos conteúdos antigos e nos incentiva a estudar aqueles pontos em que estamos com mais dificuldade. Para quem vai fazer vestibular é ótimo ser avaliado regularmente.

O Saerjinho tem como objetivo identificar deficiências educacionais para que possam ser corrigidas, ajudando a Seeduc a elaborar medidas para melhorar o processo de ensino na rede. Além disso, a avaliação funciona como treinamento para o Enem, Prova Brasil, vestibulares e entrevistas de emprego.

Entre as principais medidas desenvolvidas a partir do resultado do Saerjinho estão o reforço escolar, com aulas no contraturno; formação continuada para professores; material pedagógico; e Gestão Integrada da Escola (Gide).

- O projeto de aplicação do Saerjinho abrange duas vertentes: a pedagógica, quando a escola pode acompanhar e monitorar seus resultados, melhorando a qualidade da oferta do ensino; e de gestão, quando a instituição garante a realização do diagnóstico – afirmou Natálie Faria, coordenadora de Avaliação e Acompanhamento da Seeduc.

Jovens Turistas

Com o objetivo de valorizar os estudantes que mostram bom desempenho escolar, a Seeduc premia os alunos da rede estadual de ensino que se destacarem nas avaliações do Saerjinho com a participação no projeto Jovens Turistas.

Os alunos vencedores passam um fim de semana no Rio de Janeiro e conhecem os principais pontos turísticos da cidade, além de participarem de um intercâmbio com entidades culturais e educacionais parceiras do projeto.

Fonte: Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro


Criado em: 01 mai 2012 | Categoria: Avaliação Diagnóstica, Notícias |